25 de outubro de 2020

RACING BRASIL

Tudo sobre automobilismo

Monza trouxe novas emoções para a Fórmula 1 com uma corrida cheia de ingredientes inesperados. Safety Car, punições e acidentes que mudaram o previsível e um pódium inesperado. 

Com uma largada limpa, Hamilton pulou na frente e garantiu a primeira posição. Enquanto isso, Bottas bobeou e perdeu várias posições, duas antes da primeira curva e mais duas ainda na primeira volta, caindo para a 6ª posição. 

As duas McLaren foram muito bem e Sainz assumiu a segunda posição e Norris a terceira. 

O drama da Ferrari começou antes do esperado. Sebastian Vettel teve problemas de freio e, na sétima volta, teve que abandonar a corrida. A cada etapa, o que parece não ter como piorar, acaba piorando! Uma situação delicada para a equipe italiana que completará, no próximo final de semana, 100o GP”s. 

Enquanto isso Hamilton seguia tranquilo na ponta abrindo, a cada volta, mais vantagem para o segundo colocado, Carlos Sainz. 

Na volta 20 o Safety Car foi acionado, o carro de Magnussen parou próximo a entrada dos boxes, e Lewis aproveitou para fazer a troca de pneus, porém o box estava fechado pela direção de prova, provocando uma penalidade de 10 segundos de stop and go. Hamilton tentou argumentar com a direção de prova mas, contra as imagens, não havia muito o que se fazer.

As demais foram para os boxes, após a liberação, para efetuarem as trocas e a história da corrida mudou. 

Mas logo no reinício da corrida, na volta 25, Leclerc bateu forte na barreira de pneus provocando um novo safety car e, em seguida uma bandeira vermelha paralisando a corrida para que a barreira de proteção fosse recolocada no local. 

Com uma nova largada, como se fosse um início normal de corrida com os carros parados no grid, e após Hamilton pagar sua penalidade a primeira posição ficou com Gasly seguido por Kimi, Giovinazzi, Sainz e Stroll. 

Verstappen abandonou na volta 31 com problemas na sua RBR em um final de semana difícil. 

Pierre Gasly venceu sua primeira corrida na carreira em uma prova inesperada e cheia de emoções. Carlos Sainz chegou em segundo e Stroll completou o podium em terceiro. 

%d blogueiros gostam disto: