25 de outubro de 2020

RACING BRASIL

Tudo sobre automobilismo

Para comemorar o seu milésimo GP na Fórmula 1, a Ferrari apresentou uma pintura retrô especial na cor bordô. Esta pintura foi a primeira utilizada em uma corrida pela Scuderia Ferrari no GP de Mônaco, em 1950. 

Será um final de semana festivo para equipe italiana que, pela primeira vez, sediará uma corrida em Mugello, que é a pista “particular” da Ferrari. 

Piero Ferrari, filho de Enzo Ferrari – fundador da Scuderia italiana – declarou: 

“O GP 1000 da Ferrari é um marco muito importante, portanto, deve ser marcado de uma maneira especial… Por este motivo decidimos trazer os carros com uma pintura única, levando o SF1000 para a pista de Mugello nas cor da Borgonha, vista pela primeira vez no 125S que foi o primeiro carro de corrida a levar o nome Ferrari.” 

Não apenas a pintura mas, também, os números dos carros passarão a impressão de terem sidos pintados à mão. Os macacões de Sebastian Vettel e Charles Leclerc também estarão alinhados à cor do carro. 

“É uma homenagem às nossas origens: ao nosso ponto de partida para a incrível história da Ferrari, caracterizada por um desejo sem fim de competir.” – acrescentou Piero Ferrari. 

Embora a Ferrari esteja passando por um ano difícil, é  preciso comemorar a marca dos 1000 GP’s, afinal não é fácil atingir um numero tão  expressivo como este. 

Nestes 70 anos a equipe passou por altos e baixos, mas isso faz parte da história de uma empresa vencedora.  

%d blogueiros gostam disto: