25 de outubro de 2020

RACING BRASIL

Tudo sobre automobilismo

Bottas liderou os treinos da sexta-feira mas não aguentou a pressão. Hamilton mais uma vez foi o melhor. Max Verstappen foi incrível e, também, superou Bottas marcado o segundo melhor tempo.

A curva 18, que antecede a reta dos boxes, foi um desafio a mais para os pilotos dando muito trabalho e, constantemente, ultrapassavam o limite da pista e tinham suas voltas rápidas deletadas.

Sochi trouxe, também, um grande equilíbrio entre as equipes com tempos muito próximos, com exceção da Mercedes que continua muito à frente e Williams, Alfa Romeo e Haas que continuam nas últimas posições.

Q1 – Qualifying

Mais uma vez tivemos um Q1 sem surpresas. Com as duas Mercedes liderando e George Russell colocando a Williams no Q2.

No segundo pelotão o equilíbrio se manteve com as equipes se alternando nas posições.

Kimi Raikkonen ficou na última posição. Ao sair para sua volta rápida o piloto rodou e acabou perdendo a chance de conquistar um tempo melhor.

Eliminados: Grosjean, Giovinazzi, Magnussen, Latifi and Raikkonen. 

Q2 – Qualifying

A segunda parte dos treinos classificatórios foi uma das mais emocionantes da temporada. Tudo por causa de um acidente no final da sessão.

No final do Q2, Sebastian Vettel perdeu o controle da Ferrari e bateu forte na curva 4. O treino foi interrompido faltando apenas 2:15 para o final. Neste momento Hamilton não tinha tempo, pois a sua primeira tentativa havia sido deletada por exceder os limites da pista. Assim que a pista foi liberada, todos os carros saíram para tentar melhorar seus tempos.

As estratégias que estavam definidas com pneus médios para Bottas, Hamilton e Verstappen modou. Somente Bottas permaneceu com médios. Os demais optaram por macios.

Strrol, teve problemas na sua Racing Point e acabou abandonando o Q2 quando já estava no Pit Lane e Hamilton abriu sua volta no limite do tempo.

Verstappen foi ousado tirando o pé pouco antes de cruzar a linha de chegada mantendo seu melhor tempo com pneu médios.

Eliminados: Leclerc, Kvyat, Stroll, Russell, Vettel.

Q3 – Qualifying

Depois de toda a pressão sofrida durante o Q2, Lewis mostrou o motivo de ser o melhor do mundo, se superou e marcou o a pole position com recorde de pista.

Verstappen superou Bottas e larga entre as duas Mercedes. Mais uma vez, Bottas não aguentou a pressão com um carro muito superior à Red Bull.

Perez larga em quarto, Ricciardo em quinto e Sainz em sexto.

%d blogueiros gostam disto: