28 de novembro de 2020

RACING BRASIL

Tudo sobre automobilismo

Julio Campos na primeira prova e Diego Nunes na segunda, venceram as provas válidas pela sétima etapa da temporada 2020 da Stock Car, realizada no domingo (18/10) no autódromo Velo Città, em Mogi Guaçu, interior de São Paulo.

Este ano o campeonato está muito disputado tendo 10 vencedores diferentes em 11 provas realizadas. O que mostra o equilíbrio entre os pilotos e os carros Chevrolet Cruze e Toyota Corolla.

Mesmo com o 4º lugar na corrida 1 e, apenas, o 14º na corrida 2, Cesar Ramos (Toyota Corolla), ainda segue na liderança do campeonato, agora com 172 pontos. Ricardo Zonta (Corolla) também manteve a vice-liderança, com 158 pontos, e Ricardo Maurício (Cruze) assumiu a terceira colocação com 154 pontos.

Na corrida 1, Julio Campos manteve a liderança depois de largar na pole position e cruzou a bandeira quadriculada na frente. – “Foi um final de semana muito bom para a nossa equipe”, disse Julio Campos. “Tirando a segunda prova, na qual fui tirado para fora… mais uma nesse ano, é a quarta vez que isso acontece. Acaba que a gente vai perdendo muitos pontos que seriam importantes para o campeonato em acidentes. Mas fazer uma pole foi bem legal por ter sido a primeira da Chevrolet. Estou muito feliz pela pole e pela minha primeira vitória neste ano, e também pelos pontos para o campeonato, o que é muito importante”, destacou.

Na corrida 2, Diego Nunes teve uma excelente estratégia e venceu com boa vantagem e levou a Blau Motorsport à sua primeira vitória. Nunes largou da pole devido à regra da inversão dos dez primeiros no grid da segunda prova. “Arriscamos bastante ao colocar (mais) combustível no pit stop da primeira prova. Calculadamente, voltei em décimo para a pista na prova 1 e tive que segurar o Cacá para largar em primeiro, pois eu sabia que tinha condições de ganhar de ponta a ponta na prova dois com a inversão do grid. E foi o que aconteceu. O ritmo era muito bom, administrei os pushes muito bem, o pit foi perfeito. Agora vamos lutar para trazer mais vitória para a casa”, completou.

Confira a classificação após sete etapas:

1º – Cesar Ramos – 172
2º – Ricardo Zonta – 158
3º – Ricardo Maurício – 154
4º – Rubens Barrichello – 149
5º – Thiago Camilo – 148
6º – Gabriel Casagrande – 133
7º – Daniel Serra – 131
8º – Allam Khodair – 131
9º – Átila Abreu – 128
10º – Rafael Suzuki – 119
11º – Nelsinho Piquet – 118
12º – Bruno Baptista – 106
13º – Diego Nunes – 102
14º – Julio Campos – 100
15º – Cacá Bueno – 82
16º – Guilherme Salas – 82
17º – Denis Navarro – 80
18º – Matías Rossi – 78
19º – Lucas Foresti – 68
20º – Galid Osman – 68
21º – Gaetano di Mauro – 52
22º – Marcos Gomes – 48
23º – Pedro Cardoso – 38
24º – Tuca Antoniazi – 27
25º – Vitor Genz – 11
26º – Vitor Baptista – 8

Foto: Duda Bairros / Vicar / Divulgação

Fonte: Stock Car

%d blogueiros gostam disto: