28 de novembro de 2020

RACING BRASIL

Tudo sobre automobilismo

Os organizadores do GP da Austrália dizem que esperam receber a corrida de abertura da temporada 2021 da Fórmula 1 em meados de março.

A corrida de abertura deste ano em Melbourne e o início da temporada 2020 foram cancelados por questões de segurança depois de um membro da equipe McLaren ter testado positivo para coronavírus.

Desde então a F1 decidiu que o retorno e as provas deveriam se concentrar no continente europeu afim de evitar longos deslocamentos e facilitar o controle de transmissão e os testes que são, periodicamente, realizados.

Mas o presidente da Australian GP Corporation, Andrew Westacott, disse: “Melbourne voltará a sediar a abertura da temporada da F1 no tradicional horário de março.” – Ele acrescentou que o Grande Prêmio “constituirá uma parte significativa da recuperação da indústria de esportes e eventos (no estado de) Victoria”.

Os organizadores de Melbourne terão permissão do governo australiano para sediar a corrida em março e permitir a presença de público baseados em protocolos estritos introduzidos pela F1 para tentar minimizar o risco do vírus.

Hoje, a Austrália é um dos países com menor incidência de coronavírus. O estado de Victoria, do qual Melbourne é a capital, registrou apenas uma nova infecção na terça-feira (20), e seu primeiro-ministro Daniel Andrews disse que pode ter sido um dia sem novas infecções porque o único caso positivo foi de um indivíduo que já havia feito o teste positivo.

A média contínua de casos novos diários de Melbourne em 14 dias é de apenas 6,4, em comparação com os 18.804 registrados no Reino Unido na segunda-feira (19).

O presidente e executivo-chefe da F1, Chase Carey, disse recentemente que o esporte deverá ter um calendário mais normal no próximo ano, mas suas esperanças de fazê-lo dependem da evolução da situação com o vírus em todo o mundo. Organizar um calendário multi-continental de F1 levanta uma série de questões difíceis, incluindo questões como restrições de quarentena nacional para chegadas internacionais em cada país.

%d blogueiros gostam disto: