25 de novembro de 2020

RACING BRASIL

Tudo sobre automobilismo

Para muitos fãs de Fórmula 1, Imola sempre trará tristes lembranças de Ayrton Senna, que perdeu sua vida no trágico domingo de 1º de maio de 1994, um dia após o piloto austríaco Roland Ratzenberger também falecer no circuito italiano.

Certamente será um final de semana de muitas homenagens para Ayrton Senna que, mesmo após 26 anos de sua morte, jamais foi ou será esquecido por pilotos, equipes, dirigentes e fãs brasileiros e espalhados por todo o mundo que ainda reverenciam o talento de um dos maiores pilotos de Fórmula 1 de todos os tempos.

E antes do retorno da pista ao calendário da F1 em 2020, Pierre Gasly da AlphaTauri revelou um capacete especial em homenagem a Ayrton Senna que ele usará no Grande Prêmio da Emilia Romagna.

Gasly passou um tempo em sua caminhada matinal nesta sexta-feira em Ímola visitando os locais de acidente nas curvas Tamburello e Villeneuve, onde Senna e Ratzenberger perderam suas vidas, antes de mostrar o capacete de homenagem a Senna em suas contas de mídia social.

“Tributo a Ayrton neste fim de semana”, escreveu ele. “Lembrando um dos meus ídolos com este capacete especial. As lendas nunca são esquecidas.”

O capacete de Gasly apresenta o inigualável esquema de cores da bandeira brasileira, enquanto a logo da Honda adornando o visor será evocativa para muitos fãs de F1, com Senna tendo conquistado todos os seus três títulos mundiais pelos motores da empresa japonesa.

Gasly não é o primeiro capacete de tributo a Senna a ser visto na F1, entretanto, com Lewis Hamilton tendo vários designs em homenagem ao brasileiro ao longo dos anos – incluindo mais recentemente no Grande Prêmio do Brasil de 2019 – enquanto Rubens Barrichello também incorporou seu colega cores do compatriota no design de seu capacete nas corridas brasileiras de 1995 e 2011.

%d blogueiros gostam disto: