Quem estará ao lado de Verstappen na próxima temporada?

A RED BULL ainda tem uma vaga a ser preenchida e, depois do que se viu no GP do Sakhir, no último final de semana, a probabilidade de Alex Albon permanecer na equipe ficou ainda mais distante enquanto que Perez e Russell podem estar mais perto do segundo assento da RBR


Alex Albon teve a chance de mostrar que pode fazer muito mais e assim, garantir definitivamente sua vaga para a temporada de 2021. Com a saída de Max, logo na primeira volta Albon pode assumir todas as atenções da equipe para brigar pelas primeira posições. Mas o tailandês não foi capaz de mostrar o potencial necessário, em parte pela péssima posição obtida no qualifying, apenas a 12ª posição do grid.

Levando-se em conta a posição de largada, Albon ainda fez um bom trabalho, mas muito longe do necessário para uma equipe como a Red Bul e o carro que pilota, o segundo melhor do grid.

Com um desempenho apagado é muito provável que o Gp de Abu Dhabi seja o último do tailandês pela RBR. Agora, só um milagre pode garantir sua vaga no grid para a temporada 2021.


Ainda sem vaga Sérgio Perez mostrou que tem potencial suficiente para conquistar uma vaga para o próximo ano ao lado de Max. Caindo para a última posição, logo no início, Perez fez uma corrida de recuperação e levou a Racing Point ao topo mais alto do pódio e conquistou a sua primeira vitória na carreira.

Ironia do destino… Checo está literalmente desempregado. Demitido da Racing Point o mexicano já não tinha mais esperança de estar na Fórmula 1 no próximo ano mas, depois da incrível recuperação, arrojo e determinação passou a ser uma opção real para a RBR.


George Russell é o terceiro nome dessa lista e, aparentemente, o que tem mais chances. Depois de sair do pior carro da temporada, a Williams, o jovem talento inglês sentou no cockpit da Mercedes de Lewis Hamilton – que não pode correr em virtude de ter testado positivo para Covid-19 – e assumiu a posição de líder da equipe e deu um show na pista de Sakhir. A vitória só não veio em virtude de um erro da equipe e por um furo no pneu, já nas últimas voltas.

O desempenho de Russell chamou a atenção, não apenas da RBR mas, também, da própria Mercedes. Embora George já tenha contrato com a Williams a multa rescisória deve ser tão baixa que RBR ou Mercedes pagariam sem sequer negociar!



O GP de Abu Dhabi poderá definir o futuro desses três pilotos, principalmente se George Russell tiver mais uma chance de pilotar a Mercedes. Entre os três, a pior situação é, com certeza a de Alex Albon. Russell, independente do que possa acontecer, já tem contrato com a Williams e Sérgio Perez corre por fora de olho nessa vaga.

A única pergunta que fica agora é a seguinte… quem ocupará o lugar de segundo piloto ao lado de Max Verstappen?

Façam suas apostas…

ALEX ALBON

GEORGE RUSSELL

SÉRGIO PEREZ


Reportagem: César Cruz (Filiado à ABJ)

Fotos: F1


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: