A vitória de Max e da parceria RedBull x Honda

A vitória de Max Verstappen enfim chegou!

O GP da Emília Romagna mostrou que a temporada de 2021 será recheada de disputas e, principalmente, pelo título.


Depois de uma estratégia que pode ter tirado a vitória de Verstappen na primeira corrida do ano, no Bahrain, a Red Bull trabalhou muito bem e chegou ao topo mais alto do pódium com uma condução quase perfeita do jovem, porém experiente, piloto holandês.

Não fosse pelo erro que poderia ter tirado Max da corrida, quando perdeu o controle do carro e rodou antes da relargada, poderíamos dizer que foi uma corrida perfeita.

A vitória começou na largada! A disputa roda a roda com Hamilton desde à largada até a chicane da curva tamburello foi de tirar o fôlego. Sob chuva Lewis e Max disputaram cada centímetro da pista, mas a RedBull conseguiu sair na frente e não saiu mais.

Sim, foi uma disputa limpa! Ao contrário do que alguns disseram Max não jogou o carro “em cima” de Hamilton. Em alta velocidade, pista molhada e com três carros chegando na chicane da tamburello (Max, Lewis e Perez) era de se esperar que um deles saísse na frente.

Sérgio Perez ficou para trás, na terceira posição, logo na primeira curva. Hamilton e Verstappen seguiram lado a lado mas na chicane Max foi mais arrojado e, como costumamos dizer, “deixou a RBR “espalhar” estreitando o espaço. Uma jogada limpa e sem nenhuma maldade.

Após as trocas de pneus Lewis começou a diminuir a distância se aproximando do líder mas, na metade da corrida (volta 31), um erro tirou as chances de uma briga entre Hamilton e Max. Não fosse pelo SafetyCar causado pelo acidente entre Bottas e Russell o prejuízo para o inglês teria sido pior.

Mas em uma pista difícil e molhada tudo poderia acontecer e antes da relargada Max rodou mas conseguiu permanecer a frente.

Coube então à Verstappen administrar o restante da corrida e cruzar a linha de chegada em primeiro.


A vitória da RedBull mostrou a evolução do carro e do motor Honda. Uma parceria que tem mostrado ótimos resultados e agora conseguiu fazer frente à Mercedes.

As próximas corridas serão importantes para definir como seguirá o campeonato que promete ter uma disputa intensa entre os pilotos Lewis Hamilton e Max Verstappen e as equipes Mercedes e RedBull.


A terceira etapa da temporada será no GP de Portugal, dia 02 de maio, no autódromo internacional do Algarve.


Por: César Cruz DRT/MTB 0090023/SP – Racing Brasil CEO

Profissional filiado à ARFOC/SP

ABJ (Associação Brasileira de Jornalistas)

SJSP (Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de são Paulo)

FOTO: F1 / Divulgação


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: