Mercedes AMG

A famosa “Flecha de prata”, apelido carinhoso que faz referência à cor e à velocidade de seus carros que nos últimos anos tem dominado a Fórmula 1, tanto no campeonato de construtores quanto no de pilotos, segue firme na busca de mais uma conquista.


A história da Mercedes com a Fórmula 1 teve início em 1954. A equipe disputou apenas duas temporadas (1954 e 1955) e, embora não tenha vencido o campeonato de construtores, conquistou o título de pilotos nos dois anos com Juan Manoel Fangio.

A saída da Mercedes do automobilismo se deu, em grande parte, devido à um trágico acidente ocorrido na prova 24 horas de Le Mans em 1955. O retorno à Fórmula 1 teve início 1994, como fornecedora de motores, em uma parceria com a empresa inglesa Ilmor.

Em 2010, a Daimler (proprietária da marca Mercedes) em parceria com a Aabar Investiments adquiriu 75% da Brawn GP – de propriedade de Ross Brawn – que acabará de ser campeã de construtores em 2009, ano de sua estreia e única temporada na Fórmula 1. Assim começava o retorno de uma das equipes mais bem sucedida da F1.

Entre 2014 e 2020 a Mercedes dominou a Fórmula 1 e quebrou vários recordes estabelecidos na história da categoria mais famosa do automobilismo. Em 2014 quebrou o recorde de dobradinhas (11) que pertencia à McLaren (10). No ano seguinte (2015) bateu o próprio recorde fazendo 12 dobradinhas.

Com 16 vitórias nas temporadas de 2014 e 2015, quebrou os recordes que pertenciam à McLaren (1988) e da Ferrari (2002 e 2004) que tinham conquistado 15 vitórias. Em 2016 bateram o próprio recorde, mais uma vez, conquistando 16 vitórias em uma única temporada.

Após o seu retorno, a Mercedes conquistou sete títulos de construtores consecutivos – 2014, 2015, 2016, 2017, 2018, 2019 e 2020. Entre 2014 e 2020 a equipe, também, conquistou sete títulos de pilotos sendo, um com Nico Rosberg e seis com Lewis Hamilton.


A Mercedes chega na temporada de 2021 com potencial de conquistar mais um título de construtores. Mesmo ameaçada pelo rendimento da Red Bull nas últimas corridas o favoritismo ainda está ao lado da equipe alemã.


Nome completo: Mercedes-AMG Petronas Formula One Team

Sede: Brackley, Northamptonshire, Reino Unido

Pilotos: 44 – Lewis Hamilton / 77 – Valtteri Bottas

Motor: Mercedes